Loteamentos
e Incorporação
Av. Higienópolis, 70
Londrina - PR
Segunda à sexta-feira
8h - 18h | Sáb 8h - 12h
Atendimento
(43) 3373-7979

Trilhas e passeios incríveis para fazer em Paraty – RJ

Conheça trilhas e caminhos que guardam verdadeiros santuários intocados de belezas naturais em Paraty!

São 65 ilhas, mais de 90 praias, natureza intocada, cachoeiras e belezas históricas que fazem de Paraty um lugar especial e singular. Em meio à belíssima Mata Atlântica, trilhas de fácil, média e alta complexidade desbravam caminhos que levam aos mais exuberantes paraísos escondidos.

O ecoturismo em Paraty recebe todos os anos milhares de adeptos dos esportes de aventura como arvorismo, rafting, boiacross, rapel além das diversas trilhas de caminhada, bicicleta, moto e jeep mata a dentro.

Para os amantes de adrenalina ou simplesmente curiosos apreciadores da natureza, Paraty emociona e surpreende. Há diversas opções de trilhas que agradam ao público, tanto aos que buscam por aventura quanto aos que querem um momento de relaxamento e paz interior.

As trilhas na histórica cidade paratiense promovem um contato íntimo e direto com a natureza, resultando numa experiência única e inesquecível. Com tantos caminhos a serem descobertos, fizemos uma seleção das melhores trilhas para se fazer em Paraty!

 

Prepare-se para as melhores Trilhas em Paraty!

Vamos nos aventurar por matas que passam por registros históricos e levam a praias deslumbrantes, belas cachoeiras e vistas paradisíacas. Se você está pensando em conhecer ou até mesmo morar em Paraty não pode ficar de fora desse roteiro.

Então prepare um bom par de tênis, água e muita disposição, porque as trilhas são de tirar o fôlego. E, acredite, cada gota de suor compensa o esforço!

 

1 – Piscina Natural do Cachadaço

Para iniciar nosso passeio pelas matas de Paraty, escolhemos um trajeto bem leve e tranquilo. A trilha até a Piscina Natural do Cachadaço pode ser feita por toda a família e até mesmo por crianças. Um convite perfeito para um dia de lazer com aqueles que amamos, não é mesmo?

Piscina natural do Cachadaço

A Piscina Natural do Cachadaço tem águas rasas e cristalinas. (Foto: Nietmann Fotografia)

 

O caminho até o Cachadaço dispõe de dois trechos, ambos de leve complexidade e muito bem demarcados e sinalizados. O primeiro caminho leva até a Praia do Meio e o segundo guia até a piscina natural.

São apenas 30 minutos de uma trilha tranquila, contendo inclusive corrimões para facilitar o trajeto. Para chegar até o Cachadaço, é necessário percorrer cerca de 300 metros de um caminho pouco íngreme e que pode, inclusive, ser feito até mesmo sozinho.

Trilhas no Cachadaço em Paraty

Com trilhas de fácil acesso, a Piscina do Cachadaço se oferece como um programa agradável e muito convidativo! (Foto: Viagens Cinematográficas)

 

Ao final, há uma grande e bela piscina de águas naturais de pouca profundidade, cercada por pedras vulcânicas e um cenário absolutamente encantador! As partes mais fundas costumam atingir no máximo 1 metro, tornando o local perfeito para um momento de relaxamento entre os peixes nas águas cristalinas.

Quando falamos em piscina natural, é realmente isso: O Cachadaço é rodeado apenas por rochas, não dispondo de faixas de areia ou pequenas praias. Então, procure levar poucas coisas porque pertences só podem ser colocados sobre as pedras, ok?

Para quem gosta de aproveitar bem o momento, ir desprovido de objetos pessoais de maior valor é a oportunidade perfeita para curtir um dia diferenciado com os amigos e a família!

Piscina natural do Cachadaço em Paraty

As piscinas naturais do Cachadaço são um atrativo para todas as idades! (Foto: Viagens Cinematográficas)

 

2 – Cachoeira da Pedra que Engole

Ainda na mesma linha de trilha mais light, seguimos para a Cachoeira da Pedra que Engole, um lugar que, apesar do nome um tanto assustador, é extremamente belo e acolhedor para todos os públicos.

Isso porque tanto os mais aventureiros quanto os mais tranquilos turistas podem chegar até o local por um acesso fácil com trilhas de baixa complexidade. O ponto inicial é o mesmo de onde partimos para a Piscina do Cachadaço, a Praia do Meio.

Trilha da Cachoeira da Pedra que Engole

A Cachoeira da Pedra que Engole se dá por meio de uma trilha sinalizada e envolta por muita natureza. (Foto: Viagens Cinematográficas)

 

São 40 minutos de caminhada em meio à Mata Atlântica, desfrutando de toda a diversidade da vegetação nativa até chegar à linda Cachoeira da Pedra que Engole. O nome é inusitado, mas tem uma explicação.

Por entre duas rochas, a água escoa seguindo para uma espécie de entrada de ar, como uma caverna. Quem curte um bom mergulho de cachoeira, pode escorrer pelas pedras através do limo e sendo, assim, direcionado para essa caverna. Lá dentro, pouca profundidade e uma sensação incrível de ser “engolido” pelas pedras. Uma aventura bastante memorável!

Cachoeira da Pedra que Engole

O cenário que compõe a cachoeira parece caprichosamente esculpido pela natureza. (Foto: Nietmann Fotografia)

 

Pedra que engole - Paraty - RJ

Visão interna da Pedra que Engole, por onde os banhistas escorregam entre as pedras e se divertem! (Foto: Mapio – Netotau)

 

Assim como a trilha que leva até a Piscina Natural do Cachadaço, este curto e tranquilo percurso na Vila de Trindade, em Paraty, agrega toda a família e proporciona um incrível contato com a natureza encantadora da Mata Atlântica.

 

3 – Caminho do Ouro

Aumentando um pouco o nível da intensidade das trilhas, o Caminho do Ouro é uma caminhada pela História do Brasil Colonial. São cerca de 3 a 5 horas de passeio por matas e estradas que contam um pouco da trajetória durante o Ciclo do Ouro, em meados dos séculos XVII e XVIII.

Feita com pedras num caminho que corta o Parque Nacional da Serra da Bocaina, a Estrada Real foi construída com o objetivo de permitir a passagem do ouro de Minas Gerais até o Rio de Janeiro e São Paulo. Até hoje, a trilha preserva toda a riqueza histórica, cultural e ecológica deste contexto.

Trilha - Caminho do Ouro em Paraty

A Estrada Real traz em suas pedras o retrato de muita História e beleza. (Foto: Circuito Caminho do Ouro)

 

Durante a caminhada é possível visitar e conhecer alambiques, fazendas históricas, ateliers, belas cachoeiras e marcos lendários como as ruínas da Casa do Registro (Casa do Quinto) e o esconderijo do bandido Dente de Ouro, que atacava as tropas que perfaziam o caminho.

Ponte do Caminho do Ouro em Paraty

O trajeto guarda trilhas, grandes belezas naturais, como rios e cachoeiras. (Foto: Circuito Caminho do Ouro)

 

Caminho do Ouro - Paraty - RJ

O Caminho do Ouro possibilita uma viagem pelo túnel do tempo diretamente para o período do Brasil Colônia. (Foto: Paraty Tours)

 

Além de todo o atrativo histórico do Caminho do Ouro, a trilha pela Estrada Real é de uma beleza nativa impressionante e possibilita uma das melhores vistas panorâmicas da baía de Paraty e Ilha Grande.

Vista do Caminho do Ouro em Paraty - RJ

A vista panorâmica da Costa Verde é absolutamente deslumbrante e compensa qualquer esforço! (Foto: Angra dos Reis – Blog)

 

Como a caminhada é um tanto longa e conta com algumas descidas escorregadias no trajeto, cuidado, é necessário um pouco de preparo físico, ok? Mas nada que atrapalhe e prejudique o passeio, fique tranquilo!

Por percorrer locais privados como estabelecimentos particulares, é necessário a presença de um guia para conduzir a trilha, então não esqueça de agendar a visita antes com os guias disponíveis na região!

 

4 – Praia do Sono

Ainda nessa mesma disposição para trilhas de média complexidade, destacamos mais um caminho que vale a pena ser feito! As praias do Sono, Antigo e Antiguinhos escondem uma natureza exuberante e praticamente intocada em meio à Mata Atlântica.

É possível chegar a estes destinos de barco a partir de Laranjeiras, mas caso sua opção seja por um pouco mais de esporte e aventura, há uma trilha que desbrava a vegetação saindo também de Laranjeiras.

A caminhada até o ponto mais próximo, a Praia do Sono, leva cerca de 1h30 se for feita com calma, o que é aconselhável. São aproximadamente 1000 metros de trajeto, sendo que os primeiros 25 minutos são feitos numa subida um tanto cansativa.

Para evitar um desgaste maior do que o normal, procure levar pouca coisa na mochila como água, protetor solar e uma fruta ou barrinhas de cereal, se necessário. Caso contrário, o peso na bagagem pode prejudicar nesta fase inicial do percurso, ok?

Após esta primeira etapa mais difícil, o trajeto ganha contornos mais tranquilos, oscilando entre subidas pouco íngremes e descidas. Por fim, o resultado é encantador: a Praia do Sono é um local praticamente isolado, com uma pequena aldeia de pescadores e muita natureza!

Trilha na Praia do Sono em Paraty

A Praia do Sono é de uma beleza rara e impressionante. (Foto: Viagem e Turismo)

 

Tire um tempo para curtir e fazer um mergulho bem refrescante nas águas cristalinas do mar de Paraty. Com as baterias devidamente recarregadas, vamos seguir caminho! Próxima parada: Praia de Antigos!

A trilha até a Praia do Sono é mais longa, mas conta com a vantagem de ser envolta pela farta vegetação da Mata Atlântica. O percurso até a Praia de Antigos não conta com isso ao longo de todo o trajeto, então reserve bastante água para o início da caminhada.

A trilha a céu aberto, para piorar um pouco, também é uma subida, então escolha bem os horários para a caminhada porque o sol forte desgasta ainda mais. A boa notícia é que esta parte do trajeto dura apenas cerca de 15 minutos, seguindo, em seguida, para um percurso mais brando entre as árvores.

A recompensa paga todo o esforço. A Praia de Antigos é tão bela que já foi eleita uma das melhores praias brasileiras pelo Guia 4 Rodas e faz jus à classificação: exuberante, deserta e admiravelmente intocada.

Trilha na Praia Antigos em Paraty

Após cerca de meia hora de trilha depois da Praia do Sono é possível vislumbrar a encantadora Praia de Antigos. (Foto: Casal Turista)

 

Já que estamos aqui, compensa seguir caminho numa trilha curta de aproximadamente 5 minutos até a Praia de Antiguinhos, mais uma beleza que parece esculpida por um grande artista!

Trilha na Praia Antiguinhos em Paraty

A Praia de Antiguinhos preserva uma natureza selvagem e intacta no contraste de suas águas cristalinas com os diversos tons de verde da Mata Atlântica. (Foto: Expedição Andando Por Aí)

 

Entre partes mais tranquilas e mais puxadas, a trilha é, em geral, moderada. Vale a pena descobrir esses recantos escondidos em Paraty, não vale?

 

5 – Saco do Mamanguá

Por fim, selecionamos uma trilha mais pesada, mas que compensa cada gota de suor. O Saco do Mamanguá é, junto com as deslumbrantes ilhas de Paraty, um dos locais mais lindos da chamada Costa Verde Fluminense.

Apesar de toda a propaganda, indicamos a trilha até o Pico do Mamanguá, também conhecido como Pão de Açúcar, somente para pessoas que já tenham mais experiência com trilhas e caminhadas pela mata. São aproximadamente 440m de uma subida bastante íngreme, então é necessário condicionamento físico!

O caminho propriamente dito não é dos mais difíceis, já que a mata é bem aberta. Aconselha-se fazer a subida até o Pico em dias não tão quentes, para evitar um maior desgaste. Dias com muito vento também prejudicam o trajeto.

Para a trilha, prepare uma mochila leve, com alguns itens necessários: bastante água, comida, protetor solar, kit básico de primeiros socorros e lanterna. Dê preferência a roupas leves e que sequem com facilidade, bonés, óculos de sol e um par de tênis bem confortável, é claro!

Ao final da subida, a vista paradisíaca é de tirar o fôlego!

Trilha do Pico do Mamanguá - Paraty - RJ

O ponto mais alto do Mamanguá reserva uma das vistas mais exuberantes de todo o litoral fluminense! (Foto: Trilhando Montanhas)

 

O Saco do Mamanguá é uma península com cerca de 8km de extensão e 2km de largura, abrigando 33 praias e 8 comunidades caiçaras. Além disso, há uma enorme área de mangue muito bem preservada onde é estritamente proibido o acesso por embarcação motorizada.

O Mamanguá é tão bonito que parece coisa de cinema…literalmente! Foi lá que foi gravado um dos filmes da famosa saga Crepúsculo:

Saco do Mamanguá - Cenário do filme Crepúsculo

O Mamanguá serviu de cenário para as cenas feitas na saga Crepúsculo – Amanhecer. Paradisíaco, não? (Foto: Airbnb)

 

Saco do Mamanguá - Paraty - RJ

Vista do alto, é possível ter uma dimensão da beleza exuberante que rodeia a casa utilizada no filme Crepúsculo. (Foto: Vamos Trilhar)

 

Mesmo que você não esteja tão bem condicionado para subir até o Pão de Açúcar, vale a pena conhecer as belas praias, cultura popular, culinária e costumes típicos do Mamanguá. O Pico está localizado na Praia do Cruzeiro, acessível de barco a partir de Paraty Mirim.

Se a sua disposição estiver a todo vapor, há um acesso por terra através de uma longa trilha que leva de 5h a 8h até a Praia do Curupira. O Pico está há apenas 20 minutos dali, na Praia do Cruzeiro, sendo este pequeno trecho feito através de barco.

Trilha para a Praia do Curupira, Mamanguá

A trilha que leva à Praia do Curupira, no Mamanguá, é longa e exige um bom preparo físico! (Foto: Trilhas Trips e Relatos de Caminhadas)

 

Caiaque no Saco do Mamanguá em Paraty

O Saco do Mamanguá, em Paraty, é um lugar privilegiado para a prática de caiaque e outros esportes de aventura. (Foto: Viagem e Turismo)

 

Seja por terra ou por mar, Paraty tem uma enorme quantidade de lugares belíssimos. O destaque vai além das belezas naturais, sendo a cidade um importante centro gastronômico do país.

Prova disso é que a UNESCO recentemente classificou Paraty como Cidade Criativa de Gastronomia, sabia? Confira os 15 melhores e mais conceituados restaurantes de Paraty!

Motivos não faltam para visitar e até mesmo morar em Paraty, não é mesmo? Porque quem conhece, definitivamente, não quer ir embora!

 

por Camila Viol.

Fontes: Paraty Virtual | Trilheiros.net | Free Walkers Tours | Pé na Trilha

COMUNICADO

Prezado Cliente,

A HF Urbanismo está ao seu lado para enfrentar o novo coronavirus (COVID-19) e a insegurança causada pela pandemia.

Esteja atento às dicas de prevenção, pois o momento agora é de conscientização e muito em breve será de superação. Queremos que você tenha certeza de que pode contar com a HF Urbanismo para manter seu investimento / sonho sem que isso se torne uma preocupação.

Por isso, você está recebendo este comunicado para ficar ciente de que a HF Urbanismo estará enfrentando essa situação junto com você e lhe concederá desconto de 10% (dez por cento), para pagamentos pontuais, no valor do próximo vencimento/parcela, bastando para tanto que faça contato através dos seguintes meios:

Email: [email protected]; [email protected];
Telefones (43) 3373-7979 e (43) 3323-6963

Acaso tenha perdido o vencimento da parcela deste mês, mas queira manter seu pagamento em dia, entre em contato para negociar a situação. A equipe da HF Urbanismo segue totalmente à disposição para quaisquer esclarecimentos.

Atenciosamente.
Data 25/03/2020.
HF Urbanismo.