Loteamentos
e Incorporação
Av. Higienópolis, 70
Londrina - PR
Segunda à sexta-feira
8h - 18h | Sáb 8h - 12h
Atendimento
(43) 3373-7979
[aps-social id="2"]

Cozinhar com os filhos é divertido e muito educativo

Reúna as crianças para fazer deliciosos cookies com chocolate ao leite para o aprendizado e diversão de toda a garotada!

 

Deliciosos cookies com chocolate ao leite para as crianças

 

Já pensou em colocar os filhos para ajudar na cozinha na hora de preparar uma receita legal? Você pode até achar que eles não vão querer participar, mas acredite, cozinhar em família pode ser muito divertido, além de uma ótima ferramenta de aprendizado!

Além de aprender sobre diversos conteúdos das matérias escolares na prática, como proporções e frações matemáticas, por exemplo, é uma forma de passar mais tempo junto e se divertir com a criançada!

Se você nunca tinha pensado nisso, vale a experiência, viu? E nós vamos explicar porque!

 

Cozinhar com os filhos é uma ótima forma de aprendizado

Quando a gente fala de culinária, só costuma lembrar de criança na hora de escolher a receita, não é? Seja pra fazer aquela receitinha que os filhos adoram, seja para escolher uma opção que eles aceitem em meio a tantas que não gostam.

E criança tem muito disso, não come tal coisa porque não gosta, muitas vezes já decide que detesta mesmo sem ter provado! Cebola, tomate, chuchu e as verduras em geral são sempre as mais odiadas!

E aí é aquela batalha pra fazer os pequenos experimentarem para mudar de opinião! Ou vira um “brigueiro” pra fazer os filhos comerem ou a gente acaba fazendo o que eles gostam de comer.

Mas e se houvesse uma tática melhor que despertasse naturalmente o interesse das crianças pra comer de tudo? A ideia de cozinhar junto pode ser muito mais didática do que parece.

 

Cozinhar com os filhos com diversão

Ensinar os mais novos a cozinhar pode ser um momento de interação e muita diversão!

 

Trazer as crianças para a cozinha é a melhor forma de dar aquela força na matemática, ensinando fração na hora de colocar ½ xícara de leite numa receita, por exemplo. Ou de mostrar a proporção correta de 250g de farinha num saco de 500g.

E o vocabulário? Provavelmente seu filho ainda não sabe que “refratário” e “invólucro” são outras palavras pra substituir “vasilha” ou “recipiente”. Você pode ensinar também que o tempo que leva para a massa do pãozinho crescer antes de ir ao forno é o fermento agindo nele, e que isso é química pura!

Que tal já apresentar a física pra eles contando que, quando se assa um bolo, o forno não pode ser aberto durante o processo porque o choque térmico do ar externo com o calor do forno pode arruinar a massa e não deixar que ela cresça e fique fofinha?

São pequenos detalhes que vão despertar o interesse e deixar tudo mais interessante para as crianças e adolescentes! Nós bem sabemos que aprender as coisas na escola achando que nunca vamos aplicar na prática faz parecer tudo muito chato e uma tremenda perda de tempo, não é?

Cozinhando junto com os pais, além dos filhos terem exemplos práticos de como as matérias que eles aprendem na escola funcionam, ainda ensina valores que nem sempre são abordados no colégio.

 

Crianças cozinhando descobrem um mundo novo

Crianças e adolescentes podem descobrir um mundo novo e surpreendente na culinária.

 

Quem cozinha sabe que pra fazer qualquer coisa há um certo preparo, uma organização prévia, um cronograma a ser seguido. Com o tempo, nós acostumamos a fazer tudo de maneira automática, sem nem precisar pensar muito antes, mas sabemos que as etapas são fundamentais no desempenho de cada receita.

É praticamente um passo a passo mental que realizamos antes de iniciar qualquer processo: verificar os ingredientes, cortar e picar os itens necessários, pré-aquecer o forno, se for o caso, untar formas e por aí vai. Depende da receita, mas todas requerem uma organização prévia.

Essas noções de planejamento também vão acabar sendo passadas para as crianças quando estão cozinhando, tanto para a culinária, quanto para a vida. A ideia de que as coisas precisam ser pensadas, raciocinadas e elaboradas antes de serem executadas é super didática!

Além delas entenderem que tudo faz parte de um processo em etapas, as crianças conhecem também a importância do tempo e da paciência no desempenho das receitas. Ter que esperar a massa do pão crescer vai fazer toda a diferença no resultado final!

Saber esperar os 30 minutos antes de abrir o forno para verificar o bolo, fará com que ele não desmorone e fique delicioso depois. Mexer o chocolate derretido por um determinado tempo de tantos minutos é o que faz com que o brigadeiro dê liga e fique tão gostoso.

 

Pais e filhos podem trabalhar e se divertir cozinhando

Pais e filhos podem trabalhar e se divertir juntos no preparo dos alimentos!

 

Um outro detalhe interessante é que a criança, ao aprender a cozinhar, vai inevitavelmente testando sabores, provando ingredientes, tentando novas possibilidades. Essa prática é muito saudável, porque tira os preconceitos dela com a comida.

Isso significa que talvez ela não prove o sabor na primeira ou segunda receita que ela ajude a fazer com ingredientes que ela não goste, mas em pouco tempo possivelmente ela abra mão do “desgosto” pelo produto e comece a testar qual é o diferencial que ele causa nas receitas.

E o mais interessante é que isso se torna algo instintivo de quem aprende a arte culinária!

Vamos fazer uma experiência? Separamos uma receita bem delícia pra você fazer com a ajuda dos seus filhos e se divertir com eles! Vem comigo!

 

Deliciosos cookies com gotas de chocolate ao leite

É claro que nem todas as receitas podem ser executadas com a ajuda de crianças, até porque cada uma requer um procedimento e tem sua complexidade.

Além disso, existem ferramentas que as crianças não podem manusear e precisam de cuidado redobrado quando estão próximas, como facas e utensílios pontiagudos. A ideia aqui é trazer os filhos para ajudar com a supervisão e responsabilidade total de um adulto por perto, ok?

O primeiro passo para cativar a curiosidade e o interesse das crianças em participar da execução de um prato é que seja algo que ele queira e goste de comer!

Com o tempo, ele vai acabar pegando gosto pela prática e vai se abrir pra outras possibilidades que até então não gostava muito, você vai ver.

Sendo assim, para iniciar esse processo e conquistar a criançada na cozinha, nada melhor que um doce bem gostoso, não é mesmo? E de preferência um que seja simples e fácil de fazer!

Uma receita perfeita que une o útil ao agradável são aqueles deliciosos cookies com gotas de chocolate, que são aquelas bolachinhas redondas crocantes por fora e macias por dentro cheias de pontinhos de chocolate ao leite.

 

Cookies com gotas de chocolate para fazer com a família

 

E aí? Bora fazer?

Nós vamos precisar de:

Ingredientes:

  • 4 xícaras de farinha de trigo
  • 2 xícaras de açúcar mascavo peneirado
  • 1 colher de chá de fermento químico em pó
  • 1 tablete de 200g de manteiga sem sal derretida
  • 1 colher de chá de sal
  • 1 xícara de açúcar
  • 2 colheres de sopa de essência de baunilha
  • 2 ovos inteiros
  • 2 gemas
  • 2 barras de chocolate ao leite picadas (barras de 170 ou 180gr)

Antes de iniciar, separe tudo o que for usar de utensílios e ingredientes, chame os pequenos e mãos a obra!

 

Modo de Preparo:

Em uma travessa, despeje a farinha de trigo, o sal, o fermento em pó e misture tudo.

Numa outra tigela, coloque a essência de baunilha, as duas gemas (não esqueça de retirar as claras), o açúcar comum, o açúcar mascavo já peneirado e os dois ovos inteiros. Misture tudo e em seguida adicione a manteiga derretida nesse mesmo refratário e mexa bem.

Com a ajuda de uma peneira, pegue o recipiente com farinha e despeje aos poucos sobre a mistura da segunda vasilha. Coloque um pouco sobre a peneira para que refine a farinha, adicionando à mistura feita com margarina.

Coloque um pouco e misture, repetindo essa operação até acabar a farinha. Essa etapa é bem importante, porque se a farinha for misturada toda de uma vez, a consistência da massa ficará prejudicada e seu cookie não vai ficar com aquela textura gostosa, ok?

Aqui entra uma parte opcional da receita. Aquelas gotinhas de chocolate podem ficar no meio do cookie ou somente na parte de cima, então se a opção for deixar no interior da bolacha, adicione na massa o chocolate picado em pequenas partes.

Se a opção for fazer as gotinhas de chocolate somente por cima do cookie, aí ele entra no final da receita, então fica a seu critério. Garanto que as duas opções são deliciosas!

Feito isso, a massa está pronta. Basta reservar e deixar na geladeira por 1h para resfriar. Ao final desse tempo, a consistência da massa deve estar levemente firme e com aspecto meio “esfarelento” por dentro.

Esta é uma das partes mais divertidas para a criançada. Peça a ajuda do seu filho pra modelar os cookies fazendo pequenas bolinhas com a mão e amassando depois para dar o formato característico da bolacha. Faça várias e coloque sobre uma forma untada para não grudar depois.

Pré-aqueça o forno enquanto modela as massinhas e adicione o chocolate picado por cima do cookie para fazer as gotas de chocolate ao leite da cobertura. Uma dica é deixar um pouco de espaço entre um cookie e outro pra que quando eles cresçam não grudem um no outro.

A mesma sugestão vale para as gotas de chocolate, deixe um certo espaço entre um pedaço e outro para que quando derreterem fiquem com a aparência definida e não se misturem formando uma grande gota de chocolate, ok?

Após terminar, leve ao forno por 10 minutos, até que as bordas do cookie estejam douradas. Aí ele já estará pronto e é só esperar esfriar um pouquinho para devorar essa delícia!

Se você quiser, pode usar e abusar da criatividade na mesma receita e variar os recheios! Dá pra substituir o chocolate ao leite por chocolate branco e nozes, doce de leite, creme de avelã, granulados ou o que preferir.

Uma sugestão é colocar confetes coloridos no lugar das gotas de chocolate! Ficam lindos, cheios de cor, deliciosos e as crianças adoram!

 

Cookie de chocolate para fazer com os filhos

 

É de dar água na boca!

Você e sua família vão amar e os seus filhos certamente ficarão orgulhosos por trabalhar e ajudar na cozinha na hora de fazer os cookies.

Ainda está com dúvidas? O canal da Elenice Carneiro traz um vídeo dela e seu filho mostrando o jeito certinho de fazer essa receita, olha só!

 

Como fazer Cookies com Gotas de Chocolate

 

Tudo tem um porque e uma razão de ser na cozinha, e essa conscientização que a criança aprende na culinária acaba inconscientemente aplicando na vida de uma maneira geral. É um processo super educativo!

Além disso, é uma oportunidade e tanto para passar momentos em família, dialogar, dar risada, se divertir e se aproximar dos filhos.

A cozinha é uma verdadeira escola para a vida, onde a gente não apenas faz comida. É muito mais que isso, é onde a gente conversa, ensina, agradece e vive momentos que precisam ser valorizados.

Então aproveite a receita, convoque as crianças e ponha a mão na massa!

 

por Camila Viol.

 

Fonte: Marisol

 

AVISO