Loteamentos
e Incorporação
Av. Higienópolis, 70
Londrina - PR
Segunda à sexta-feira
8h - 18h | Sáb 8h - 12h
Atendimento
(43) 3373-7979

DIY: Aprenda a Restaurar Móveis Antigos e Transforme sua Casa

Tá precisando dar uma renovada nos móveis sem gastar muito? A gente mostra como!

Às vezes bate aquela vontade doida de dar uma repaginada na casa, mudar os móveis de lugar, jogar fora e comprar tudo novo, não é mesmo? É uma cômoda velha que a gente não aguenta mais aqui, um criado-mudo caindo aos pedaços ali, um cacareco que dá vontade de retirar de casa e colocar diretamente no lixo!

Renovar é preciso! Só que infelizmente esse tipo de mudança acaba pesando no bolso e nem sempre é o momento certo de gastar. E aí aquela velharia vai ficando encostada, deixando o ambiente feio e a gente bem insatisfeita.

Pra solucionar esse problema, esqueça a ideia de atirar tudo pela janela: restaure! Dando uma boa dose de personalidade ao móvel, ele muda de cara, transforma a decoração e ainda alivia o bolso, sabia?

Existem várias formas econômicas e super efetivas de restaurar seus móveis antigos e deixá-los novinhos em folha do seu jeito. Vem saber como!

 

Reformando os Móveis Antigos com Pintura

Reformando os móveis antigos com pintura

Precisando dar aquela renovada na mobília? Tinta fresca nelas! (Foto: Prada Porter)

 

Nós sempre batemos na tecla aqui que, para um ambiente ganhar vida, dê cores a ele. Tons fortes e quentes combinados às cores mais neutras formam a combinação de destaque que pode estar faltando na decoração.

Claro que as cores precisam seguir a linha e as tendências do ambiente em que serão colocadas. Se a sua casa tem uma decoração mais clássica ou rústica, tons vivos e em muita quantidade gerarão um certo conflito de estilos.

Mas o equilíbrio é sempre o ponto chave para acertar no modelo. Não se prenda tanto, deixe sua imaginação livre para combinar cores e elementos decorativos!

Uma das grandes transformações causadas pela pintura é em móveis feitos de madeira. Isso porque quase sempre eles têm a coloração natural marrom e suas variações de tonalidade, uns mais claros, outros mais escuros.

Sair de uma cor mais sóbria, como o marrom, e pular para um vermelho, amarelo ou um azul, por exemplo, gera um impacto bem interessante na hora de restaurar, porque ele se torna praticamente um móvel novo!

Balcão rústico reformado

Parece ou não um outro móvel? Incrível! (Foto: Pinterest – Vou Pintar Minha Casa)

 

Mesinha rústica reformada e pintada

O resultado final após a restauração com cores novas é surpreendente. (Foto: Mptres)

 

Balcão cabine reformada a pintada

Modifique o móvel removendo ou adicionando prateleiras, dando outras funções e nova utilidade a ele. (Foto: Lar Doce Lar)

 

Nem precisa mudar radicalmente de cores, se não quiser. Se você prefere não arriscar muito na mudança e quiser manter a linha de tons mais clássicos, pode pintar com tinta clara e realçar apenas alguns detalhes, para dar um certo destaque e charme à peça.

Cristaleira rústica reformada

Insegurança pra apostar em grandes alterações? Renove seu móvel com cores neutras e diferencie nos detalhes! (Foto: Casa de Filó)

 

E para este tipo de restauração, só é necessário a tinta, que pode ser esmaltada ou spray, uma boa lixa, pincel ou rolo para pintura e apetrechos de marcenaria, caso seja preciso fazer reparos na madeira, consertando, incluindo ou retirando algum item no móvel.

Dependendo do tamanho do objeto, uma lata pequena de tinta é suficiente para toda a restauração, ou seja, os gastos com a reforma não serão muitos. Além disso, como todo bom e velho DIY, você mesmo pode fazer! Economia nos materiais e também na mão-de-obra, né?

Um detalhe bacana do DIY é que ele não se resume a aliviar o bolso (essa é só uma das vantagens). DIY é quase um estilo de vida, onde você mesmo pode fazer, personalizar e deixar as coisas com a sua cara, do seu gosto.

Mas chega de conversa e vamos ao que interessa! Sabe aquele criado-mudo antigo lá na beira da cama? Vamos dar um trato nele!

Criado mudo restaurado e pintado

Hora de arregaçar as mangas! (Foto: Canal – Re Vitrola)

 

O primeiro passo para começar algo novo é colocar um ponto final no antigo. É aquele negócio de não deixar nem um resquício do que ele era, afinal, queremos que seja totalmente transformado, certo?

Comece lixando bem todas as superfícies do criado-mudo, removendo o verniz da madeira antiga ou a tinta, se ele for pintado, e também corrigindo pequenas imperfeições devido ao tempo e ao uso, como arranhados, riscos e farpas.

Se o objeto não era envernizado, pintado ou não contém defeitos a serem reparados e o seu intuito é só dar uma cara nova a ele, pode pular essa etapa sem problemas, ok?

Após lixar tudo, retire os puxadores para que eles não recebam tinta na hora de pintar. Aqui nós já deixamos uma sugestão que faz a diferença quando se quer renovar a peça: aproveite para trocar também os puxadores!

Parece que não, mas eles mudam significativamente a imagem do objeto, então você pode procurar outros estilos e opções de puxadores para dar vida nova às gavetas do criado. Já, já nós falaremos um pouco mais sobre eles.

Seguindo com o nosso passo a passo, depois de lixar e retirar os puxadores, vamos começar a pintura! Prepare um lugar em que você possa trabalhar sem riscos à mobília ao redor e ao piso e paredes. Locais com azulejos e áreas externas são ideais.

Forre com plástico ou jornal, coloque o móvel em cima e, com o rolo para pintura, passe primeiramente uma base de tinta em todas as superfícies do objeto. Nos cantinhos e arestas mais difíceis de atingir, utilize a ajuda de um pincel.

A base pode ser feita com a aplicação de tinta látex branca ou primer a base de água. Esse preparo é o que vai fazer com que a cor da tinta escolhida para o criado não sofra a influência de outras cores que tenham restado na peça e até mesmo não seja atrapalhada pela cor natural do móvel.

Após secar, hora de passar a tinta definitiva no móvel! Espalhe com o rolo e com o pincel em todas partes, tomando o cuidado de sempre fazer o movimento na mesma direção. Assim sua pintura ficará mais homogênea e com o resultado muito mais bonito.

Espere cerca de 30 minutos até secar e, se necessário, passe mais uma demão de tinta, para reforçar a coloração. Deixe secar completamente antes de continuarmos, ok?

Se quiser fazer gavetas de uma cor e criado de outra, tudo bem. Ou fazer apenas alguns detalhes de cor diferente também fica interessante. Uma outra opção de acabamento é aplicar uma camada de verniz para dar mais brilho e durabilidade à peça.

Para finalizar, coloque novamente os puxadores antigos ou os novos que tenha adquirido e seu criado-mudo novinho em folha está pronto! Que tal?

Criado-mudo branco reformado

Tinta nova, detalhes em dourado e um puxador diferenciado para dar o toque final no acabamento: poucos elementos, muita mudança! (Foto: Mptres)

 

Criado-mudo restaurado

A nova pintura restaura por completo o móvel antigo, que passou do rústico ao casual apenas com a mudança de coloração. (Foto: Canal – Adorável Batom)

E nem precisamos gastar uma fortuna pra isso, né? O bolso agradece! Saiba também como fazer um criado-mudo utilizando banquinhos nesse DIY incrível!

Sobre os puxadores, quando falamos que eles fazem a diferença na hora de renovar, estávamos falando muito sério!

 

Puxadores para Restaurar e Transformar os Móveis!

Puxadores coloridos para gavetas reformadas

Puxadores: um mero detalhe? (Foto: Prada Porter)

 

Não, eles não são apenas detalhes que passam despercebidos. Na verdade, os puxadores podem até mesmo se tornar o grande atrativo do seu móvel se receberem um certo destaque. Se você está querendo algo novo na restauração dos objetos, invista em puxadores!

Optando por uma peça monocromática, por exemplo, o elemento destacado pode ser o puxador, trazendo um efeito bem interessante ao móvel, olha só:

Puxador redondo com flores pintado

Faça do puxador um diferencial na decoração do móvel! (Foto: Arquitrecos)

 

Puxador em formato estrela

Feitos em vários formatos, os puxadores podem combinar perfeitamente com o estilo que você busca na hora de restaurar. Que tal esse em formato de pétalas de flor? (Foto: Diycore)

 

Os puxadores podem ser de diversos tamanhos, estilos e formatos pra combinar com a sua peça. Coloridos, estampados, criativos, clássicos, divertidos, elegantes, casuais…você escolhe o que dá certo com a sua decoração!

Se a sua mobília for clara, uma sugestão bem legal é mesclar diferentes tipos de puxadores, misturando cores e dando o destaque que o móvel renovado merece ter:

Puxadores coloridos para gavetas

Contraste cores claras e escuras, tons vivos e neutros, dê destaque ao móvel novo! (Foto: Arquitrecos)

 

E mais legal ainda é que os puxadores custam bem baratinho nas lojas especializadas e casas de artesanato, então dá pra investir tranquilo no visual do móvel e ter um resultado bem satisfatório!

Uma outra opção barata e bonita na hora de reformar o móvel por conta própria é utilizar adesivos, sabia?

 

Modifique Móveis e Objetos com Adesivos

Adesivos para reformar móveis antigos

Adesivar pra renovar? Pode sim! (Foto: Prada Porter)

 

Os adesivos podem ser justamente o que estava faltando para dar aquela cara nova pro móvel sem precisar mexer tanto nele!

Muitas vezes a peça está em bom estado e conservada, mas a gente já enjoou dela. Ou talvez ela não combine mais com o ambiente e com a decoração, mas por ela ter uma boa qualidade, dá dó de se desfazer, não é verdade?

Pra esses casos, uma ótima solução é colocar adesivos! Não precisa ser no móvel todo, se não quiser. Você pode utilizar contact, por exemplo, em detalhes como gavetas, adesivar a parte do fundo dentro do móvel, portas de armários e etc.

É possível fazer uma restauração completa pintando o móvel, modificando os puxadores e adesivando também. Olha só que transformação!

Cômoda florida adesivada

Confira o antes e depois de uma cômoda restaurada com pintura nova e tecido adesivo. (Foto: Pinterest)

 

Perceba que o móvel foi reformado utilizando a tinta branca, neutra, que combina bem com tudo. As gavetas foram adesivadas com papel contact de estampa florida, uma tendência atual.

Para fechar com chave de ouro, os puxadores em formato de rosas casam perfeitamente com a estampa e dão o charme final à peça. Bonito e barato, do jeito que a gente gosta!

Escolha a estampa de sua preferência e mude o visual do ambiente com um móvel totalmente novo, ainda que seja o mesmo, né?

Armário de cozinha colorido adesivado

Precisando de mais cor e vida na decoração? Contact é uma sugestão barata e criativa! (Foto: Casa Abril)

 

Cômoda verde adesivada e restaurada

O efeito do revestimento adesivo transforma um móvel simples e comum em algo inusitado! (Foto: Casa Abril)

 

Cômodas, criados, armários de cozinha, guarda-roupas, mesas de escritório, cama…com pouco material dá pra renovar tudo!

Mesa para escritório adesivada

Para reformar esta mesa de escritório bastou um pouco de tinta preta e contact estampado nas mesmas cores para mudar completamente o visual do móvel. (Foto: Infinitas Possibilidades)

 

Até mesmo com aquelas fitas adesivas decorativas, as washi tapes, é possível criar uma decoração interessante pra restaurar seu móvel antigo e dar uma renovada nele.

Você pode criar uma composição de fitas coloridas, estampas diferentes, efeitos, modelos e o que você quiser para decorar o objeto. É uma boa forma de modificar o móvel sem ter que desmontá-lo por completo ou mexer na estrutura da peça.

Móveis antigos adesivado com Washi Tapes

Decore seus móveis antigos com um pouco de washi tape e muita criatividade! (Foto: Decora Fino)

 

Uma outra sugestão é utilizar um laminado autoadesivo sobre superfícies de madeira, como em guarda-roupas e armários, por exemplo. Existem empresas que trabalham com esse tipo de artigo, que é uma espécie de adesivo que reveste o material de maneira simples e rápida.

Como é um adesivo, você pode escolher a cor e o estilo que quiser, e aí é só aplicar por cima do móvel e ter como resultado algo totalmente novo e diferente do antigo. Prático, né?

Guarda-roupa reformado e pintado

Aposte no laminado autoadesivo para restaurar seus móveis com praticidade! (Foto: Arquitrecos)

 

Quer saber mais uma forma interessante de aproveitar e renovar móveis antigos?

 

Inove na Decoração dos Móveis Utilizando Tecidos

Pra quem gosta de pôr a mão na massa e fazer acontecer, como todo praticante de DIY, essa dica é uma das mais legais, apesar de ser um pouco mais trabalhosa do que as outras. Já pensou em revestir seus móveis com tecidos?

A ideia é super bacana e fica uma graça! Lembra daquele criado-mudo que comentamos lá no primeiro item? Vamos usá-lo como exemplo pra dar uma incrementada ainda mais charmosa aplicando tecido nas gavetas.

Claro que você pode testar isso no móvel de sua preferência, o procedimento é o mesmo, ok? Então vamos ao passo a passo!

A primeira etapa consiste em recuperar a madeira e pintar, como já fizemos no primeiro item sobre a pintura. Com o móvel lixado e pintado, vamos usar o tecido para revestir.

Você pode escolher a parte que quiser para cobrir com tecido, como a superfície de uma mesa ou a porta de um armário, por exemplo. Aqui mostraremos o revestimento da gaveta do criado-mudo.

Criado-mudo restaurado e pintado

Dê adeus àquele móvel velho e sem graça que você não aguenta mais! Hora de renovar! (Foto: Madame Criativa)

 

Escolha o tecido de sua preferência, corte na medida da face onde será aplicado e deixe uma sobra nas laterais de cerca de 2 cm a mais para o acabamento depois. Quando a tinta da madeira estiver totalmente seca, limpe com um pano e depois passe cola branca onde será fixado o tecido.

Em seguida, aplique a estampa sobre a cola com a ajuda de uma espátula ou uma régua para que não fiquem bolhas nem vincos no tecido. Inclusive, para evitar as imperfeições, uma boa dica é passar o tecido com ferro antes de colar, para deixar bem liso.

Faça o movimento como se estivesse encapando a frente da gaveta com o tecido, como se fosse embrulhar para presente. Vire as bordas que sobrarem para o lado de dentro, e cole. Se quiser fazer um pequeno corte na diagonal das pontas para facilitar na dobragem e o tecido não enrolar, é melhor.

Por fim, passe Termolina por cima para melhorar o acabamento e deixar a superfície com um aspecto mais brilhoso e bonito. Espere secar bem para impermeabilizar o tecido e coloque novamente os puxadores.

Passo a passo para restaurar criado-mudo com tecidos

Confira o passo a passo para revestir a peça com tecidos. (Foto: Madame Criativa)

 

Seu móvel está prontíssimo e renovado!

Cõmoda reformada e pintada

Móvel restaurado e um resultado final surpreendente! Vale a pena tentar, não? (Foto: Madame Criativa)

 

Note que dá pra misturar dois ou mais tecidos, fazendo uma composição diferente no revestimento das gavetas. É criativo e dá um charme a mais na peça!

Embora pareça difícil, não é, basta ter paciência e fazer as coisas com carinho que dá certo. E decorar com amor é o grande segredo pra ter uma casa sempre linda e aconchegante!

E aí, curtiu a ideia? Tem um móvel precisando dar uma recuperada aí? Então corre dar um trato nele!

Afinal de contas, para que comprar um novo se a gente mesmo pode renová-lo?

 

por Camila Viol.

 

Fontes: Prada Porter | Minha casa minha cara | Casa de Amados | Morando Sozinha